quarta-feira, 21 de janeiro de 2009

MODELOS E MENDIGOS

Ei mano tô de volta doido uhuuuuu.

Ei mano entrem na comunidade DESESTRESSA MANO no orkut, vai lá pessoal dá uma força ai pra gente.Agradeço desde já. o link é esse ó:
http://www.orkut.com.br/Main#Community.aspx?cmm=80228841


Ai varias fita acontecero truta, o pessoal tá querendo derrubá o brogue, mas eu tô seguinô firme véio.

Na batalha pra postá coisas inéditas pra voceiz mano, não faço parte dos BLOG GRIFE (mano eu ainda vou escrevê sobre isso doido), mas depois, vamô deixá os mané de lado.

A minha ausência se deu por esse motivo, e alguns outros que não interessam, voces vem aqui pra ri e eu tento fazer isso da melhor forma possivel mano.


Os produto tão bombando a empresa tá a todo vapor, a imprensa tá me requisitanô; nunca fui tão requisitado desde que ganhei no jogo do bixo em no outono de 2002.

Concedi entrevista até pra FORBES mano, vô sai na lista dos mais ricos do muuuuuundo. hahahaha.

PEQUENAS EMPRESAS GRANDES NEGOCIOS, me chamô tambem, a agenda tá lotada, a minha secretária Juscevânia, não tem folga, trampanô de domingo a domingo, ela é minha acessora de imagem e minha HAIR STYLIST tambem doido hahahahaha.

Logo logo as revista sai e eu posto pra voceiz em primeira mão aqui, firmeza truta?

Então tô numa nova empreitada na minha vida, estudei uns projeto ai e abri um agencia de modelo mano.

Issso memo que você leu; agência de modelo. Os olhero tão por toda parte da periferia ai, achamo uma par de gente bonita mano, começamo pelos mendigo, mas já tinhamos alguns pratas da casa como o Srº Joseleido se liga na pegada do véio:

Depois como não poderia faltar o Zé Brejera né mano! Olha ele ai:

Lindos não são?

Mas não para por ai, nosso olheros acharam várias perolas pela rua dê uma olhada, nesse aqui; tava jogado na calçada aqui perto da quebrada não toma banho, há dias, tâ mô catinga, mas reparem no garbo:

Achamos esse tambem:

E esse que está pre-selecionado. Vemos um grande potencial nele, achamos que um dia ele ainda dominará o mundo.

E pra não dizê que a gente só vai atras de macho, olha só o que encontramos:

Aaah essa aqui acabou namorando com o loirinho da terceira foto, tiverô uns pivete e tudo, é a DESESTRESSA MANO SUPER MODEL, ajudanô as pessoas.

Eu sei que voceis gostarô do Zé brejera então ai vai mais uma dele:

Ousado esse Zé Brejera heim mano.

Para todo o pessoal que acompanha o blog, que lê, comenta, se diverte e manda sugestões; MUITO OBRIGADO! MUITO OBRIGADO MESMO RAPAZIADA, FIQUEM NA PAZ.

E praqueles que vierô testá minha paciência aqui nessa pocilga, mandanô comentários, preconceituosos; ESSA É PRA VOCEIZ......... AHAHAHAHAHAHAHAHAHAHHAHAHA

quinta-feira, 15 de janeiro de 2009

FIM DOS PROBLEMAS CAPILARES

Ei doido, voltei truta, mas uma vez hahahaha.

O Super rodinho bombô mano, o PABX da favela entrô em pane, a caixa de email lotô o Beiço teve que ir no telecentro lê os email, tivero que revezâ ele e o Perna de Boi, de tanto email que chegou, era gente de todo país e do muuuuuundo véio.

Era email do japão, da noruega, da Bósnia Herzegovina, até da Faixa de Gaza doido, quem precisa de rodinho na Faixa de Gaza? Só se fô rodinho atômico com 1 milhão de megatons mano, alias essa lugar nem deveria se chamar Faixa de Gaza, deveria se chamar "FAIXA DE GAZE" .

Que piada podre truta, mas vamo lá que não pode pará.

Ei mano voceis se lembra, quando eu e meu parcero; o Peito de Codorna resolvemô dá uns trato nos cabelo das mina?

leiam AQUI PRA ENTENDÊ , esse dia foi loko mano, não saiu como a gente planejava, mas ai o peito de Codorna fez um curso no NEGRITUDE FASHION HAIR de visagismo doido, hahaha é quente, o maluko foi fazer um curso de visagismo, o cara voltô com varias ideia mano; de como melhorá nosso creme, novas fórmulas, novos perfumes, essências e tudo mais.

Resolvemo então voltá a fabricação do nosso creme, dessa vez em larga escala, linha de produção a pivetada toda trabalha na DESESTRESSA MANO INC. de domingo a domingo sem folga, fez 4 anos já pode dá um trampo aqui, recebem em pirulitos, bolinhas de gude e pipas, mas com chance de crescimento mano, plano de carreira e tudo pensa o quê, aqui é uma empresa séria, a gente se preocupa com os catarrento.

Se o pivete não tivesse trabalhanô tava robanô e pedinô né não? Aqui eles tem alimentação 1 vez por dia, pausa de 5 minuto pra ir no banheiro, e batê um rango, só administrá bem o tempo que dá sussegado.

Então mano voltanô a parada do creme; fizemô a baguio e tamô colocanô pra vender, atacado, varejo, consignação, e em breve catálogo tipo avon, vamô fazê comercial com as véia de 187 anos com aparência de 17 igual da RENEW malandro.

mas enquanto o catalogo não fica pronto vô mostra o creme pra voceiz, se liga ai doido:


Um super creme com essência de pururuca.

Para aplicar basta embeber o cabelo em uma tigela com agua fervente e deixar até escalpelar, depois besuntar a mão com o super creme DESESTRESSA MANO, e passar levemente fazendo movimento anti-horario, da nuca até a molera.

Veja do que o creme é feito:

O sistema de vendas é o mesmo do rodo, despachamos para todo Brasil, inclusive para o Acre (se é que existe), e tambem para a fronteira com o Paraguai.

Não perca essa oportunidade. Nunca mais use chapinha ou escova taiwanesa, chinesa ou mexicana.

Com esse incrivel produto teu cabelo ficará escorrido como o de uma patricinha.

Você poderá jogar teu cabelo para um lado e para o outro sem ferir ninguem.

Se teu cabelo era mais duro que arame farpado.
Mais rebelde que irmão adolescente rockeiro.



A solução chegou: Adquirindo o super creme DESESTRESSA MANO agora, você receberá um kit, contendo: 3 potes de creme DESESTRESSA MANO, 1 folheto explicativo escrito a mão em uma cartolina, e 1 incrível escova para cabelo DESESTRESSA MANO.

veja que escova maravilhosa você receberá se adquirir o Kit:

Essa escova é inquebravel, e com um revolucionário sistema que não deixa os cabelos grudarem nas cerdas.

Mas caso a escova quebre,nunca se sabe né. Você ganhará outro produto da DESESTRESSA MANO, um super rastelo de titânio!


Veja que maravilha:

Resultados comprovados já na primeira aplicação.

Veja o antes e o depois de nossa modelo Juscevânia:

Satisfação garantida!

Liguem, mandem fax, email, bipem, telegrama, sms, scrap no orkut, adquira esse magnifico kit, por um precinho que voce pode pagar.

Tenha definitivamente o cabelo liso!

Essa é mais uma da: DESESTRESSA MANO INC.


Hahahaaha, fechô doido to indô nessa ai não esqueçam de fazer parte da comunidade oficial no orkut vai lá ó:http://www.orkut.com.br/Main#Community.aspx?cmm=80228841

Fui valeu doido.

BlogBlogs.Com.Br

quarta-feira, 14 de janeiro de 2009

VOCÊ JURA DIZER A VERDADE, SOMENTE A VERDADE.....

Ei doido tô de volta mano, queria agradecer pelas visitas e comentarios aqui nesse humilde brogue.

Obrigado mesmo para todo mundo que acesso ai, o produto bombô doido, ainda hoje eu vô posta mais um produto revolucionário das industrias: DESESTRESSA MANO INC.

Mais enquanto isso, leiam essas frases, ditas em tribunal, o barato é quente memo mano, veridico, as coisas que juízes, advogados e réus dizem, retiradas do livro: "Desordem no tribunal"

Se deliciem com as as precepadas desses maluko, segura ai:



Pergunta: Qual é a data do seu aniversário?
Resposta: 15 de julho.
P: Que ano?
R: Todo ano.

P: Essa doença, a 'miastenia gravis', afeta sua memória?
R: Sim.
P: E de que modo ela afeta sua memória?
R: Eu esqueço das coisas.
P: Você esquece... Pode nos dar um exemplo de algo que você tenha esquecido?

P: Que idade tem seu filho?
R: 38 ou 35, não me lembro.
P: Há quanto tempo ele mora com você?
R: Há 45 anos.

P: Qual foi a primeira coisa que seu marido disse quando acordou naquela manhã?
R: Ele disse, "Aonde estou, Betty?"
P: E por que você se aborreceu?
R: Meu nome é Susan.

P: Me diga, doutor... não é verdade que, ao morrer no sono, a pessoa só saberá que morreu na manhã seguinte?

P: Seu filho mais novo, o de 20 anos...
R: Sim.
P: Que idade ele tem?

P: Sobre esta foto sua... o senhor estava presente quando ela foi tirada?

P: Então, a data de concepção do seu bebê foi 08 de agosto?
R: Sim, foi.
P: E o que você estava fazendo nesse dia?

P: Ela tinha 3 filhos, certo?
R: Certo.
P: Quantos eram meninos?
R: Nenhum.
P: E quantas eram meninas?

P: Sr. Wilson, por que acabou seu primeiro casamento?
R: Por morte do cônjuge.
P: E por morte de que cônjuge ele acabou?

P: Poderia descrever o suspeito?
R: Ele tinha estatura mediana e usava barba.
P: E era um homem ou uma mulher?

P: Doutor, quantas autópsias o senhor já realizou em pessoas mortas?
R: Todas as autópsias que fiz foram em pessoas mortas...

P: Aqui na corte, para cada pergunta que eu lhe fizer, sua resposta deve ser oral, ok? Que escola você freqüenta?
R: Oral.

P: Doutor, o senhor se lembra da hora em que começou a examinar o corpo da vítima, o sr. Dennis?
R: Sim, a autópsia começou às 20:30.
P: E o sr. Dennis já estava morto a essa hora?
R: Não... Ele estava sentado na maca, se perguntando porque eu estava fazendo aquela autópsia nele.

P: O senhor está qualificado para nos fornecer uma amostra de urina?

P: Doutor, antes de fazer a autópsia, o senhor checou o pulso da vítima?
R: Não.
P: O senhor checou a pressão arterial?
R: Não.
P: O senhor checou a respiração?
R: Não.
P: Então, é possível que a vítima estivesse viva quando a autópsia começou?
R: Não.
P: Como o senhor pode ter essa certeza?
R: Porque o cérebro do paciente estava num jarro sobre a mesa.
P: Mas ele poderia estar vivo mesmo assim?
R: Sim, é possível que ele estivesse vivo e exercendo Direito em algum lugar.



FAÇA PARTE DA COMUNIDADE OFICIAL DESESTRESSA MANO NO ORKUT:
http://www.orkut.com.br/Main#Community.aspx?cmm=80228841

BlogBlogs.Com.Br

domingo, 11 de janeiro de 2009

O MELHOR INVESTIMENTO DO MUUUUNDO!

Ei doido tô de volta mano.

A rapaziada já tava reclamando, dise que eu tinha mudado, que eu tava assistindo muito BROKE BACK MOUNTAIN, hei doido para com isso.

Voltei para desmitificar que não leio OSCAR WILDE, e que essa melação com poema e tudo faz parte mano, e para provar que estô de volta memo vim apresentá um produto revolucuionario maluko.

Mais primeiro vou contá como surgiu a ideia;

Eu e meu parcero Beiço estavamos pensandô em como ganhá dinheirô rápido e sem sacanear ninguém, pensamô em abrir uma igreja, mais ai, ia quebrar nosso primeiro código; o de não sacanear ninguem.

Pensamos muito, iriamos abrir uma franquia do MAC DONALDS, mas estava muito caro, pensamos na STARBRUCKS CAFÉ, mas tambem não vingou, dái tivemos outra ideia:

Qual era o unico trabalho em que voce investia e tinha retorno até o final do dia, qual mano?

...isso mesmo Flanelinha.

Voce compra um rodinho e um balde e tira todo dinheiro investido antes do almoço!

Isso é fantastico! e para diminuir ainda mais os custos fizemos nosso proprio rodinho e estamos vendendo. Isso mesmo que voce acabou de ler o nosso incrivel projeto, cobiçado por engenheiros da FEI e pelo MUNDO DE BICKIMAN.

Ei-lo agora diante de vossos olhos:

(CLIQUE PARA AMPLIAR)


Veja os detalhes:



É isso ai mano um super rodo com tudo que tem direito ele vem com a:



Seja o melhó flanelinha com um rodo que limpa todo o parabrisa.

Chega de ficar fazendo malabarismo no farol amarelo, antes de abrir o sinal voce lavará 8 vezes mais parabrisas!

Com essa revolucionaria ferramenta voce economizará tempo e dinheiro. Um otimo investimento!

Tudo com o selo de qualidade DESESTRESSA MANO, procedência e qualidade sempre.



As primeiras 100 pessoas que mandarem email agora receberão não 1, mas 10 litros de agua mineral DESESTRESSA MANO, inteiramente grátis. isso mesmo, mas preste atenção apenas as 100 primeiras pessoas.

Não perca tempo adquira agora!

Compre e doe para um flanelinha, ajude o trânsito de São paulo.

Segundo pesquisas feita pelo instituto, DESESTRESSA MANO; 75% dos congestionamento nas metropoles são causados por flanelinhas que demorarm pra limpar os parabrisas e colocar os limpadores no lugar.

Veja:


Faça um Flanelinha feliz;


Compre um rodo DESESTRESSA MANO e dê de presente a ele.

PROMOÇÃO ATÉ ENQUNATO DURAREM NOSSO ESTOQUES

FONTE: DESESTRESSA MANO LTDA

FAÇA PARTE DA COMUNIDADE OFICIAL DESESTRESSA MANO NO ORKUT:
http://www.orkut.com.br/Main#Community.aspx?cmm=80228841

BlogBlogs.Com.Br

quinta-feira, 8 de janeiro de 2009

BLOGAGEM COLETIVA PELA PAZ MUNDIAL.

Estou participando da iniciativa pela paz. Proposta pelo blog Quiosque Azul, e essa é minha humilde contribuição.



MENINO DO PASSADO

Oi menino do passado! Eu falo do futuro, sou habitante da Terra, talvez o único.
Sobrevivi a vários desastres; furacôes...vulcões...ciclones...tsunamis...calor... frio...seca...violência...GUERRA!

Escrevo nesse pedaço de papel com carvão, para passar adiante as coisas que aconteceram, para alertar as próximas gerações a não cometer os mesmo erros.

Vivia em um lugar de guerra, onde a única ordem era o caos, as pessoas que viviam nessa terra eram mesquinhas, a honra se media em homicidios e atrocidades,o mais destemido era o que matava mais, que poluia mais e, proliferava ainda mais o caos.

Eram assim há tempos menino do passado; começaram deixando de cumprimentar os vizinhos, não economizando agua, poluindo o ar.

Passaram a copiar o que viam na tv; violência, vidas utopicas, desarmônia, destruição e traição. Os rádios gritavam musicas que corrompiam os jovens. Tornaram-se hinos letras ultrajantes e sujas.

Passaram a maltratar o proximo; os filhos, os pais. As mortes aconteciam em todos os cantos por motivos banais; a raça, as idéias, os ideais, a aparência, a naturalidade...A brutalidade tomavam conta. Passaram a poluir mais, a derrubar mais árvores, a consumir desenfreadamente.

os animais começaram a morrer, sem lugar para viver. A selva deu lugar a um shopping e a condominios luxuosos.

Não tardou para a última espécime em cativero morrer e ser extinto os animais da face da terra. Passaram a ter robôs, depois de queimar mendigos e venderem órgãos no mercado negro, os sequestros relâmpagos estouraram, nunca tantas pessoas foram sequestradas.

Ouve uma guerra infinita que avançou fronteiras menino do passado, todos os dias noticiavam homens bombas, crianças inocentes mortas, um grupo contra outro, um ser humano contra outro, matavam por recompensa divina, por terras prometidas de perjúrio.


" NÃO QUERO A PAZ, QUERO A GUERRA, PRA MIM A PAZ É A DESTRUIÇÃO DE ISRAEL."
IASSER ARAFAT



Não ouve sequer um ser com vida por esses lados, os últimos que sobraram depois da breve e devastadora 3º GUERRA MUNDIAL, guerriavam com porretes e pedras, eram as únicas coisas que restavam.

A ganância e a vaidade tinham tomado conta, isso aconteceu aos poucos menino do passado e depois de repente. Achavam graça em matar crianças, jogavam filhos pela janela e espancavam velhinhos, as drogas eram consumidas como nunca, os meninos soldados eram recrutados nos morros, para guerra mais rentável da história do narcotráfico, enquanto o traficante andava escondido o cara que matava com cigarro e alcool andava tranquilamente em suas ferraris.

Não demorou muito e os traficantes se profissionalizaram e começaram a pagar impostos; as drogas foram liberadas, todos lucravam rios de dinheiro.

A televisão mostrava mais uma Dona Maria chorando pelo filho que perdeu para as drogas, para o crime. Os barracos pegavam fogo misteriosamente nas favelas, mais rapido que a agilidade da mídia em filmar o sofrimento da dona Maria.

Ô menino do passado se ainda houver tempo tente consertar os erros agora, talvez assim eu posso ter meus pais e meus amigos de volta, aqui nesse lugar é chato, só tem cadáver e fumaça. Aqui nesse lugar não tem comida nem paz. Aqui nesse lugar não tem árvore; eu nunca vi uma árvore menino do passado. Aqui nesse lugar o ar é pesado. Aqui nesse lugar meu brinquedo é um fuzil.

AQUI. É SEU LUGAR AMANHÃ MENINO DO PASSADO!

EDSON DANTAS


ESSA FOI TALVEZ A ÚLTIMA VEZ QUE EU ACREDITEI QUE O HOMEM PUDESSE MUDAR....

video

Momento de Paz! Blogagem Coletiva pela Paz Mundial




Fotos: http://www.jordantimes.com/?news=13264, http://www.stolenchildhood.net/entry/children-of-gaza-playing-war-games-with-butchered-innocence/, http://www.boston.com/bigpicture/2008/12/israel_and_gaza.html

terça-feira, 6 de janeiro de 2009

AH! SE MINHA POESIA PUDESSE.

Ei doido tô de volta ai na parada.

Dessa vez pra publicar uma fita inédita mano.

Nunca citei pra voceiz que escrevia. É truta não desacredita não, é quente a parada, eu até cheguei a registrá uma obra doido, tá lá na BIBLIOTECA NACIONAL, com meu nome e tudo hahaha, é verdade!

E eu tô aqui exclusivamente prá publicá uma de minhas obras mano, essa é uma poesia eu não sou muito bom pra poesias não, gosto de conto, crônicas, poesias não meu forte mas tá ai prá que quisé, vale a pena heim se gostá comenta ai.

Lê ai embaixo pra não dizé que tô mentino.



AH! SE MINHA POESIA PUDESSE.


Ah! Se minha poesia transpusesse o mar.
Ou viajasse num doce assovio do vento
De nada valeria tanto esforço se não soubesse navegar.
A sincronia das rimas o tornaria clássica com o tempo.


Quem se deliciasse com teu sabor
Engendraria em teu seio o belo.
E poderia esquecer o gosto da mágoa e do rancor.
Desataria os nós e quebraria a corrente até o último elo.


Ah! Se minha poesia singrasse num barquinho de papel.
Tanto faria se fizesse parte de uma nau.
Onde fosse causaria uma babel.
nos caminhos mais estreitos que um vau.


Faria refúgio em um coração solitário.
Ligaria as duas extremidades do oposto.
Juntaria a sensação com as pérolas no relicário.
E o mal que fere amor nunca padeceria desgosto.


Mas se minha poesia ecoasse em um ouvido sombrio.
E dela não poupasse a menor lida.
Se o mal da alma não retirasse, reverberária o grito frio.
E incurável seria a dor dessa vida.


Se chegasse ao poeta mais sensível.
E dele não obtivesse respostas
Fosse uma unidade frívola indivisível.
A minha poesia seriam frigidas palavras em linhas tortas.


Não é necessário ter o tirocínio da fé.
basta ser um esteta de alma e poder arriscar.
Não vês que uma poesia nada mais é
Do que uma criança querendo brincar!


EDSON DANTAS



NÃO ESQUEÇAM DE CONFERIR AS MELHORES HISTORIAS/ESTORIAS. SÓ CLICAR AI DO LADO DIREITO NÃO PERCAM.

domingo, 4 de janeiro de 2009

O OFICCE-BOY MALANDRO - PARTE 2 FINAL

Ei doido tô de volta na bagaça uhuu, passei pela revista ileso; dispensei os artigo na hora que o comedô de DONUTS passô.

Agora posso terminá a parada pra vozeis se liga então:

o celulá tocou doido, era o patrão, não sabia o que fazê truta, desliguei a baguio, sentei na calçada e fiquei pensanô que queu ia fazê.

Passô uma tiazinha me viu esparramado na calçado, me olhô estranho, sai de lá antes que ela chamasse ozomi, parei no buteco pedi uma tubaina sem gelo e um pé de moleke, na segunda mordida no doce, lembrei do Beiço ele sempre tem ideia boa mano, ele tinha estudado até a setima serie, e nóis tudo só até a quinta, o muleke era um genio truta, conseguia mandá fax em maquina de escrevê, feiz computação e tudo, ele que contava os ponto quando a gente jogava truco.

Fui na casa do Beiço, dei nosso assobio secreto: FOROFOFI-FO-FI....

Ele sai com aquele pichain despenteado, com marca de cochão no peito, e com babinha no canto da boca, que nojo mano, mas não podia zoa ia pedi a ajuda do cara.

- Fala Beicinho como voce tá meu querido?
- Vixi truta tá brasanô, tenho dinhero não, que que sê que?

-Ei Beiço o Barato é o seguinte.... não sei o quê, não sei o que tem mais lá....(horas depois), então mano é isso ai que aconteceu doido.
- Que fita podre (cara de espanto do Beiço), vamô atrais dos cara tiozão demorô.

- Eu não sei onde os mano mora truta.
- Dá outro pacote pro cara.

- Mas eu não sei o que tinha dentro Beiço.
- caraca mano e agora?

- Beiço você precisa me ajuda parcero voce é o cara mais inteligente que eu conheço.
- ( beiço faiz uma cara de metido), é mais vai sê dificil, vou querê algumas parada em troca.

Isso acabô me custanô 1 gaiola, 1 chuvero queimado, 3 minicraque; 1 do Dunga, 1 do Rivaldo e 1 do taffarel, e 1 garrafa de groselha, mas valia a pena.

O Beiço disse que o unico jeito de recuperá o pacote era ir até a quebrada dos cara, mas primero a gente tinha que descobrí quem era os cara.

Citei as caracteristica dos cara, um me lembro muito bem era alemão de olho azul e alto, esse que tinha me dado um pedala nervoso, na hora que falei o Beiço disse: - Eu sei quem é!

- Se tem certeza Beiçô?
- Sô existe um branquelo que faiz os corre por aqui.

- Vamô atrais dele Beiço, você sabe onde é a goma dele?
- Lá no Morro do Macaco Molhado (ele disse isso pausadamente, que fiquei com medo).

O Beiço pegô a bicicleta dele eu pedi emprestado a bicicleta pra Juscevania e agente foi até o Morro.

Muito sinistro aquele Morro doido, chegamô e os pivete ficarô olhanô pra nossas bike, subimô na miuda, trocamô ideia com uns parcero do Beiço os cara passarô a fita pra nois; o mano tava na sedinha, colâmo lá, o Beiço avisto o mano de longe, já chamô o cara de canto e começô a explicá uma par doido, o beiço do Beiço se mexia numa velocidade impressionante, ele cuspia e falava, gesticulava, e cuspia de novo e tornava a cuspi, mô cuspassão, depois os dois vierô na minha direção, e o maluko falo que o pacote já era, os cara tinha vendido toda mercadoria que pegô no Busão, falei: - Como já era mano? E agora doido, tenho que devolvê a fita pro meu patrão, e eu nem sei o que tinha dentro.

- Ei! Eu sei tio, tinha uma caixa de gesso e dentro da caixa tinha um monte de pó dentro dela mano.

-Pó!!!! ( eu e o Beiço gritamô junto).

- Fechô mano! Nem precisamô ir atras dessa fita ai, vamo arrumá outra caixa coloca pó dentro e já era.

Demorô, eu e o beiço vazamô e fomo atras de uma caixa, compramo uma na loja de Um real, só faltava o pó!

lembrei que meu irmão tava fazenô cortante, tinha uma lata de LEVE-LEITE cheia de pó de vidro mano, o muleke robava garafa de tubaina do bar do Joseleido pra fazê cerol.

Já logo peguei a fita despejei dentro do pote fechei, coloquei numa caixa com fita e já era, fui correnô levá pro meu patrão.

Cheganô lá ele não tava deixei com a empregada, fiquei mô feliz rindo sozinho que a fita tinha dado certo, fui dormi de boa. Fui trampa no outro dia quando tava guadanô minha marmita na geladera, o patrão me chama:

- Oficce-boy vem aqui agora!

Pensei comigo ela vai me agradecê, vai dizê que eu sô rapido e pá, sô um bom funcionário, vô sê promovido a auxiliar de escritorio vou podê mexê com computadô e tal, fiquei imaginanô já, entrei com um sorrisão na cara mostranô o centro avante, ele disse: - Sente ai!

Eu sentei ele começô a falá mano, varios insulto doido, o cara amaldiçoou até meu tataravô, disse varias pra mim,não sabia o que tava acontecenô, ele perguntô o que eu fiz com o pacote, eu disse:- Entreguei pra sua empregada srº Mario.

- Aquele não era o pacote verdadero!
- Claro que era patrão.

- Você sabe o que tinha dentro daquele pacote?
- Não sei não patrão eu não abri.

- AQUELA ERAM AS CINZAS DE MINHA MÃE!

Doido na hora eu gelei truta, abutiquei os zoio enguli uma saliva que desceu como uma pedra na minha garganta, gaguejei, tossi, cocei a cabeça e quis chora.

Eu tinha posto pó de vidro nas cinzas da Mãe do cara!

O desejo da Mãe dele era sê cremada e jogada no jardim, ele reuniu toda familia e os mano dele e jogô o pó pro alto, ele falô que caiu no zoio de todo mundo mano, aquilo quase cegô a rapaziada toda.

Que fita podre sumi com a Mãe do cara, fiquei sentido, contei pra ela a verdade mas mesmo assim não adiantô fui mandadô embora claro, mas fiquei imaginanô mano:

O CARA VELÔ UMA GARRAFA DE TUBAINA!

Mano isso que dá sê curioso se não tivesse tentado abri o pacote no busão eu não ia sê assaltado, o cara ia velâ Mãe dele, e eu ia continua no meu trampo, mas firmeza essa é uma das precepada que me aconteu do tempo que eu era: (ODEIO ESSE NOME) OFICCE BOY!!!!!!!!!!!

sexta-feira, 2 de janeiro de 2009

O OFICCE-BOY MALANDRO - PARTE 1

Ei mano tô de volta, pra marolá a bagaça de novo. Uhuu

Vô citá uma fita pra voceiz que aconteceu no tempo que eu era Oficce-Boy, sempre acontecia uma precepada se liga malandro que fita podre:

Era uma sexta feira 6:17 da tarde, ninguem na empresa, o telefone toca; aquela voiz gorda do outro lado, só podia sê o enxudioso do meu patrão,aquela foca.

- Quem tá falanô?
- Sô eu mano! quem tá falanô?

- É o Mario que tá falanô, quem tá falanô ai?
- O..o..o..pa..pa...trão...só..só...eu.

- É você oficce-boy?
- Sô eu, pode falá chefe.

- É o seguinte; voce tem que ir até a avenida paulista, pegá um embrulho e entregá em casa pra mim. Agora!
- Na hora negoo.Ou que dizê patrão.

- Traga o embrulho em segurança e não abra. Escutô
não abra.
- Claro patrão.

Mano peguei o busão e fui até a parada, pegá aquela bagaça, cheganô lá, no numero que o fita passô, toco a campanhia do predio, uma patricinha que mais parecia a Barbie com a shetara do Thundercats, sai com o topete feito com um paquimetro, penteado fio-a-fio por alguma serviçal cega do Nepal.
Baforanô um cigarro com cheiro de incenso na minha cara, perguntõ o que eu queria.

Disse pra ela: - Ei miná a fita é o seguinte, o mano lá falô pra me buscá o baguio aqui truta.
A mina me chamô de nômade, acho que foi elogio doido, perguntei pro Beiço o que era nômade, o beiço me falô, que é esses maluko que lutava com espada, se soubesse antes, tinha investido mano.

A mina chamô outra mina mais esquisita que ela, com um OCLÃOS gigante na cara, a buchecha e a testa da mina brilhava mais do que o capô da brasilia do perna de Boi depois que eu poli ela.

Chegô falanô que sabia do que se tratava e tal,e me deu uma caixa, do tamanho de uma caixa de sapato, embrulhada eu papel brilhante mano, dise pra tomá muito cuidado e não abri.

Peguei na mão e não pesava muito, depois que virei o quarterão chacoalhei coloquei no ouvido, tava cabrero pra sabé que fiata era aquela, que tava dentro da caixa.

Entrei no busão, lancei logo meu bilhete único, que tava ainda na integração, sentei lá no fundão pra fuçá o baguio, pensei comigo doido: Vou abri depois eu amarro esse laço de volta só vou vê o que é e fecho.

Tirei o laço quando tô desembrulhanô o pacote escuto um grito: - Vai ninguém se mexe, é um assalto!

- Caraca doido assalto agora não mano, que que eu faço com essa fita aqui, quando ia jogá o barato pra debaxo do banco o malukão falô: - Passa o pacote pra cá cabeçudo!

- Ei mano não tem nada aqui dentro, é só documento.
- Não quero sabê maluko passa a fita pra cá mano já é, já é!

tentei falá pra ele que eu era oficce-boy mas ele só ouviu o BOY, o outro maluko que tava com ele falô: - Esse Boy tá tiranô, pega o baguio agora mano e vamô.

O malukão me deu um pedala nervoso no globo, e tomô o pacote!

Sairô do busão vazado, falei mano do céu que que eu vou falá pro Mario, bem na hora o celulá toca, era o Mario o patrão.

Falei: - Vixi mano azedô o baguio que que eu faço?


Ei mano continua na proxima porque os cara vem revistá as cela aqui, tenho que dispensá o notebook falô mano volto amanha, vixi.. .

BlogBlogs.Com.Br Divulgue o seu blog!